Viajar com crianças: erros a evitar na escolha da cadeira para o carro

January 25, 2021

Share
travelling with children

Ser pai é um jogo de tentativa e erro, mas quando se trata de viajar com os mais pequenos não há muito espaço para erros! Por isso fizemos uma lista muito útil sobre erros comuns na escolha de uma cadeirinha e a melhor forma de evitá-los!

Erro #1: Escolher uma cadeira com base na idade e não na altura.

“O bebé tem 2 anos! Parece que é hora de trocar a cadeira de bebé por uma cadeira de carro para menino crescido! ”

O motivo pelo qual os bebés são obrigados a viajar em cadeirinhas voltadas para trás é porque as suas costas – a parte mais forte dos seus pequenos corpos – podem absorver melhor a força durante uma colisão. Quando virado para a frente, a cabeça relativamente grande de um bebé, geralmente é projetado para a frente durante uma colisão, o que faz com que a sua coluna ainda em desenvolvimento exponha a espinal medula podendo resultar em paralisia ou até morte.

Para escolher uma cadeira para o carro, geralmente os pais confiam em práticas comuns baseadas na idade da criança. Até agora, a crença amplamente difundida era que as crianças deveriam permanecer no assento voltado para trás até aos 2 anos de idade.

Recentemente, os pediatras afastaram-se dos critérios específicos por idade e, em vez disso, sugerem que os pais se guiem pelo peso e altura dos seus filhos. Portanto, ignora quem te aconselhar um tipo de cadeira para o teu filho com base na idade – mantém o teu filho voltado para trás até que ele alcance o limite máximo de altura/peso da cadeira.

Erro #2: Usar uma cadeira de bebé em segunda mão

Os amigos e a família estão sempre ansiosos para apoiar os novos pais, contribuindo com objetos em segunda mão, roupa ou conselhos sábios. Os novos pais geralmente ficam muito felizes em aceitar esses generosos presentes. No entanto, devem ser cautelosos com um tipo específico de artigo em segunda mão: a cadeira de bebé para o carro.

Parece bastante inofensivo, certo? Até porque os objetos para bebés, especialmente cadeiras para o carro, não são baratos! Aquilo que os pais não sabem é que as cadeiras de bebé têm data de validade!

Os fabricantes de cadeiras para os carros estão constantemente a utilizar novos dados e tecnologias para redesenhar os seus produtos com o objetivo de máxima segurança possível. Portanto é melhor apostar nos modelos mais recentes de cadeiras para bebé, porque isso significa uma maior segurança para o teu filho!

Uma última observação sobre o assunto: nunca uses uma cadeira de bebé que tenha estado envolvida num acidente de carro. Os acidentes são conhecidos por comprometer a integridade das cadeiras, o que as torna altamente inseguras em paragens abruptas ou impactos repentinos.

Erro #3: Não comprar a cadeira certa

Sejamos honestos: comprar uma cadeirinha de carro pode ser incrivelmente difícil, especialmente para novos pais! Não está apenas a saúde e a segurança do teu filho em jogo, escreve “cadeira para carro” na Amazon e sente a vertigem do consumidor entre as infinitas opções que existem.

Pode ser tentador clicar em “Adicionar ao cesto” na primeira cadeira de bebé que tem boas avaliações, um ótimo preço, popular entre outros pais e no teu círculo social. Claro que esses fatores são importantes, mas também deves considerar:

  • A cadeira certa com base na idade, tamanho e peso do teu bebé. Os fabricantes terão esses critérios no manual do utilizador da cadeira.
  • O tipo de cinto da cadeira. Certifica-te que está em conformidade com as leis de segurança do teu país e que também proporcionará a melhor proteção ao teu filho.
  • Cabe no teu carro? Muitos pais arrependem-se da sua decisão quando percebem que têm de reforçá-la com um acolchoamento extra para garantir que encaixa corretamente!
  • É uma boa opção para o teu estilo de vida? O tecido é facilmente removível? Pode ser lavado à máquina? Transforma-se facilmente num carrinho para máxima mobilidade? Tem muito espaço de armazenamento para a tonelada de equipamento infantil que precisas de carregar? Etc.

Erro #4: Não pedir ajuda

Ser pai pela primeira vez, provoca muitas vezes síndrome do impostor. Não só pela privação de sono, mas também pela paranóia e insegurança por se sentir incompetente no meio de tanta informação nova.

No entanto, escolher uma cadeira para bebé é realmente complicado. Já é mau tentar decifrar como funcionam os cintos e abas da cadeirinha, ainda para mais quando a carga é tão preciosa! E embora os novos modelos de cadeirinhas de carro isofix forneçam uma maior segurança e facilidade de instalação, não tornam a tarefa menos intimidante quando se está a começar!

Os representantes de vendas das lojas de cadeiras para bebés estão sempre bem informados sobre os detalhes de cada modelo e ficarão felizes por te mostrar como instalar a cadeira corretamente. Também terão conhecimento interno para registrar as garantias, aplicar descontos e aceder a listas de e-mail que te podem manter atualizado sobre dicas de segurança. Portanto, não tenhas medo de pedir ajuda!

O mesmo vale para os pais que optam por comprar online. Hoje em dia, os fabricantes de cadeiras de bebé para o carros têm tutoriais fáceis de seguir e possuem muita informação nos seus sites e redes sociais, ou então, em caso de dúvida pode sempre pesquisar no Google!

Viaja com a Bolt

Só porque és pai ou mãe, não significa que estarás sempre no banco do condutor! Quando estás fora de casa com o teu filho, podes pedir um Bolt com uma cadeira de criança para te ajudar a ir de A a B.

lisboa download bolt


** Isenção de responsabilidade: todas as viagens Bolt com cadeiras de criança têm uma cadeirinha de bebé ou de elevação totalmente configurada e pronta para uso. No entanto, para ser mais seguro, podes entrar em contacto com o teu motorista com antecedência para garantires que é a escolha certa para o teu filho!
Share

Recent posts