Receitas dignas do Natal: jantar com sobras de frango e muito mais

December 27, 2021

Partilhar

Deitamos fora um terço de toda a comida produzida por humanos. De acordo com estas estatísticas de 2019, 61% dos 931 milhões (!!) de toneladas de desperdício alimentar é feito em casa. Ricos ou pobres, não interessa — de acordo com o Índice de Desperdício de Alimentos de 2021 da PNUA,  os níveis de desperdício alimentar são semelhantes em todos os países europeus.

Não irias deitar fora um dos teus três sacos de compras logo a seguir à tua ida ao supermercado/mercearia, ias? Infelizmente, atualmente é exatamente isso que está a acontecer.

Muito mais do que “apenas” uma embalagem de tomate enlatado

Quando não consumimos de forma ponderada e acabamos por desperdiçar comida, estamos também a desperdiçar todos os recursos que foram alocados para a produção e transporte dessa comida. 

Por exemplo, uma embalagem de tomate enlatado:

Quando deitamos fora uma lata destas, o que acaba no lixo é muito mais do que comida. Desperdiçar comida significa também desperdiçar todos os recursos necessários para produzi-la e transportá-la — terra, tempo, água e combustível. Para além disso, este desperdício acaba por ir parar a aterros que também contribuem para a emissão de gases e efeito de estufa.

Os números são impressionantes. Na UE, geramos cerca de 88 milhões de toneladas de comida desperdiçada todos os anos. Isso representa 174 kg de desperdício alimentar por pessoa, com um custo à volta dos 143 biliões de euros.

Quanto mais longo é o processo, maior é o impacto. Quantos mais recursos forem utilizados na produção — processamento, transporte, retalho e embalagem (além da terra, combustível, água e tempo gasto na produção e colheita) — maior será a perda.

Nós, como consumidores, temos um impacto direto neste problema que é o desperdício alimentar. Como o resolver? Prestando mais atenção ao nosso próprio comportamento. Deixamos algumas dicas. 

Como reduzir o desperdício alimentar em casa

Reduzir o desperdício alimentar em casa começa com duas coisas — educação e mudança de mentalidade. Vamos começar por esta última.

Em vez de ires ao supermercado ou utilizares o serviço de entregas Bolt Market de forma aleatória, pensa bem naquilo que estás a comprar e porquê. Organiza-te com antecedência e cria um plano de refeições para ti e/ou para a tua família.

Depois de pensares sobre o que vais cozinhar, vai até ao teu frigorífico e despensa — está lá alguma coisa que possas usar? Define a quantidade de coisas que precisas de comprar e cria uma lista. Seguir a lista é uma boa forma de fazeres as tuas compras com moderação — boa sorte!

Tudo isto pode parecer assustador no início mas vais ver que, depois de alguns erros e acertos, ganhas o jeito.

Passemos agora à parte da educação.

Muitos alimentos são desperdiçados pelo simples facto de as pessoas não saberem a diferença entre “validade” e “consumir de preferência antes de”. Quando falamos sobre datas de vencimento, falamos sobre datas de “utilização”. “Consumir de preferência antes de” refere-se à data após a qual a qualidade da comida pode ter alterado, mas não significa necessariamente que ela se estragou.

PT-best-before-vs-expiry

Isso significa que não podes comer nada assim que os ponteiros do relógio mudam? Claro que é melhor consumir os alimentos antes da data indicada na embalagem, mas não te esqueças de usar o bom senso quando estás a decidir entre deitar fora alguma coisa ou fazer uma refeição com ela.

Não te esqueças das sobras

Uma das formas mais fáceis de desperdiçar comida é quando fazemos comida a mais, guardamos para o dia seguinte e, depois, na correria do dia a dia, acabamos por nos esquecer. E isso leva-nos de volta à importância de estarmos atentos.

Aqui estão três coisas que podemos fazer com sobras de deliciosas refeições feitas em casa:

  • Guardar para outra refeição: basta colocar as sobras num recipiente próprio e o almoço do dia seguinte fica resolvido;
  • Ser criativo na cozinha: reinventar um prato, cozinhando algo novo com o que restou da refeição anterior; encontra algumas ideias mais abaixo neste artigo ou ao visitar o site savethefood.com;
  • Congelar: irás agradecer um dia mais tarde quando estiveres sem tempo para cozinhar.

Ter a certeza que comemos toda a comida que cozinhamos é uma excelente e muito importante forma de reduzir o desperdício, preservar recursos e ainda poupar dinheiro. Por isso, da próxima vez que te sobrar comida, pensa com carinho. Por exemplo, pensa nestas receitas super simples e perfeitas para um jantar de Natal.

Receitas com sobras de frango

Sempre que tiveres sobras de frango, podes considerar-te um sortudo. Claro, podes sempre aquecer e fazer uma segunda refeição igual à primeira, mas é extremamente fácil criares um novo e incrível prato com elas.

Aqui estão 5 deliciosas receitas testadas e comprovadas com sobras de frango:

Receitas com sobras de presunto

Presunto em ocasiões especiais, yum. Mas o que fazer com as sobras? Depois de, no dia seguinte, tirares algumas fatias diretamente do prato, aqui estão quatro receitas onde o podes usar:

Receitas com sobras de borrego (ou cabrito)

Quer tenhas tentado impressionar a tua cara metade com um assado de domingo delicioso, quer te tenha sobrado borrego ou cabrito do jantar de Natal, aqui estão alguns artigos que mostram como tornar estas sobras em algo novo, de comer e chorar por mais:

Receitas com sobras de arroz

Se já dominas a arte de cozinhar arroz, ainda bem para ti. Para a maioria de nós, não é o caso e acabamos sempre por fazer quantidade a mais. Mas nem tudo está perdido — podemos tirar o maior partido disso com estas receitas simples:

São as pequenas coisas que fazem a diferença

Embora, de forma geral, o consumidor não seja a maior ameaça ao meio ambiente, é crucial que todos tomemos medidas para reduzir o desperdício alimentar e a quantidade de comida que é deitada fora. Estar atento, e ter consciência das nossas ações e comportamentos, tem um forte impacto a longo prazo. Podemos fazer muito melhor!

A pensar assim, decidimos que 2021 é o ano perfeito para dizer adeus ao papel de embrulho. Claro que embrulhos com papéis brilhantes e super festivos ficam bem debaixo da árvore de Natal mas, eventualmente, todo esse glamour vai acabar no lixo. 

Convidamos-te a embrulhar os teus presentes com a nossa edição limitada de sacos de entrega Bolt Food, desenhados para serem reutilizados como a capa perfeita para os melhores presentes de sempre.

bolt food bag

Para teres o saco, pede já da seçção 🎄Surpresa Feliz na app Bolt Food. Depois de retirares o teu pedido do saco é só pegares numa tesoura e seres criativo. Para ideias, espreita o nosso Instagram

Partilhar

Publicações recentes