7 coisas a ter em conta ao comprar um carro

May 21, 2021

Share
1200x628_buying a car_header2

Se estás à procura de um carro novo, é muito simples encontrar opções. Tudo o que precisas de fazer é abrir uma nova janela de pesquisa e escrever “carros à venda perto de mim”. Como alternativa, podes procurar sites especializados em revenda de carros usados, citando alguns nomes!

Encontrar um carro usado para comprar é fácil. O difícil é saber o que procurar para garantir que encontra o melhor negócio ao melhor preço. Se estás à procura das melhores dicas para escolheres o teu melhor primeiro carro ou já compraste um ou dois carros e estás à procura se atualizar no básico, aqui estão sete coisas a ter em conta ao comprar um carro usado.

Verifica se o carro tem um passado conturbado

Mesmo que tudo pareça perfeito, esse é mais um motivo para fazeres o teu trabalho de casa antes de comprares.

Certifica-te de pedir o VIN (ou Número de Identificação do Veículo) ao proprietário, para que possas introduzi-lo num serviço pago como o CARFAX, e saber se o carro sofreu algum acidente, se tem alguma garantia pendente ou se atualmente existe algum recall nesse modelo específico.

Se estás a pensar saltar essa etapa, fica a saber que existem muitas histórias de terror sobre compradores de carros que não olharam para a história do carro e arrependeram-se quando o seu novo carro acabou por virar um limão!

Tem uma visão 360º do exterior

Depois de saberes o histórico do carro, estás livre para seguir para a próxima etapa.

Observa com calma o exterior do carro, procura arranhões, amolgadelas ​​ou ferrugem. Não precisas de te preocupar excessivamente com pequenas marcas ou arranhões que são esperados num carro usado (e que esperançosamente o proprietário terá tido em consideração quando deu o preço). Deves estar atento a grandes quantidades de ferrugem ou painéis da carroceria que não se alinhem de forma uniforme, pois podem indicar que o veículo sofreu um acidente e não foi reparado corretamente.

Abre e fecha as portas, o capô e a bagageira para verificares a sua mobilidade – verifica se existe alguma complicação ou rigidez que também pode indicar que foram danificados e apenas parcialmente reparados.

Verifica se existe alguma camada de spray ou tinta incompatível, se tiver pode indicar que essa secção da carroceria foi reparada. Certifique-se, também, de verificar se existe alguma fuga de fluido por baixo do veículo.

  • Fluido preto significa que o veículo está a perder óleo.
  • Fluido verde, amarelo ou rosa indicam perda de anticongelante.
  • Fluido avermelhado significa que existe uma fuga na transmissão ou no fluido da direção hidráulica.

Por fim, verifica os pneus para garantires que o desgaste das quatro rodas é uniforme. Se houver desgaste extra ou uma banda de rodagem irregular em alguns pneus (mas não em todos), pode ser sinal de direção desalinhada. Um carro que está desalinhado aponta para problemas na direção, suspensão e/ou quadro.

Já pensou comprar um carro elétrico? Aqui está porque é que pode ser uma boa ideia.

Dá uma olhada por baixo do capô

Toda a gente sabe que quando estás a comprar um carro deves ver por baixo do capô, mas saberes o que estás à procura é outra história!

Desliga o carro, abre o capô e vê se existe alguma fuga debaixo do carro que possas não ter visto. Procura sinais de corrosão e ferrugem, bem como mangueiras e/ou correias danificadas. Verifica o óleo e as varetas do nível da transmissão (hastes longas e finas que monitorizam os níveis de fluido) para detetares sinais de descoloração.

O óleo do motor deve ser castanho claro e o fluido da transmissão deve ser vermelho ou rosa.

Verifica o interior

Entra no veículo e verifica se existem danos ou rasgões nos estofos, manchas ou couro rachado. Se existe cheiro de mofo, verifica se os tapetes têm sinais de danos por água ou fugas. Na pior das hipóteses, o carro pode ter estado numa inundação, o que pode causar muitos tipos de problemas na estrada (literalmente!).

Inspeciona o painel

Senta-te no banco do condutor e verifica o painel, especificamente o hodômetro.

Embora a baixa quilometragem não seja tudo na compra de um carro novo, é certamente um componente chave no preço pedido e também pode ajudar-te a ter uma ideia do ciclo de vida natural do carro. Um carro com maior quilometragem terá mais desgaste nos seus componentes mecânicos e exigirá uma manutenção maior (e mais dinheiro para pagar pela manutenção).

Para avaliar se o carro tem uma quilometragem alta ou baixa, divide o número do hodômetro pela idade do veículo em anos. Para referência, um carro médio normalmente faz cerca de 20.000 km por ano.

Observa o painel e certifica-te que não existem símbolos assustadores – como uma verificação na luz do motor, que indica um grande problema pela frente. Verifica também a eletrónica, incluindo o rádio. Seria uma pena que tivesses que passear com o teu carro novo em silêncio.

Podes querer ler mais sobre outras dicas úteis de manutenção de automóveis …

Faz um test drive

Se tudo parece estar bem, chegou a hora de fazer um test drive!

Conduz em estradas e ruas secundárias, mas também em autoestradas, pois alguns problemas só poderão surgir com uma maior velocidade. Observa se o carro parece “inclinar” para a direita ou para a esquerda, pois isso será um sinal que o carro tem a direção desalinhada.

Certifica-te que gostas da manobrabilidade e, quando possível, aproveita a oportunidade para colocar o travão à prova. Se possível, tenta estacionar num lugar em paralelo para ver se o carro tem ângulos mortos que tenhas de ter em conta.

Pede ajuda a profissionais

Se o carro anda como um sonho, deves assinar os papéis? Talvez … ou se calhar não.

Se estás preocupado com aquela misteriosa mancha de ferrugem ou a leve vibração que vem do lado direito traseiro do carro ao fazer uma curva fechada, vais querer uma segunda opinião. Leva-o a um mecânico local e pede-lhe opinião ou faz um test drive com ele. Este serviço não será grátis, mas a experiência do mecânico vai valer cada cêntimo. E se o vendedor tentar pressionar-te a fazer uma venda rápida, pode ser um alerta que este não é o carro certo para ti.

Depois de comprares o carro, se estiveres à procura de uma oportunidade para passar mais tempo a conduzir e ganhar algum dinheiro, tornares-te motorista Bolt pode ser perfeito para ti!

Faz bom uso do teu novo carro: inscreve-te como motorista Bolt ainda hoje!

sign up as bolt driver

Share

Recent posts